Portal da Secretaria Municipal de Educação

Publicado em:

Projeto “Quintal do Brincar” comemora dois anos de existência na EMEI Ricardo Gonçalves

Atividades promovem socialização entre as crianças e o desenvolvimento de linguagens visuais, sensoriais e corporais

quintal_1_740x430.jpg

O projeto “Quintal do Brincar” é desenvolvido na Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) Ricardo Gonçalves, da Diretoria Regional de Educação (DRE) Pirituba/Jaraguá, há dois anos com a proposta de estimular e desenvolver a autonomia das crianças e a integração da equipe na Unidade Escolar.

De acordo com a professora Monique Luz, o projeto foi criado para movimentar as crianças. Dessa forma, os educadores organizaram atividades, organizadas em estações recreativas, co mo atividades no parque, brinquedos estruturados, brinquedos não estruturados (materiais como tampas, colheres de silicone e garrafas, que ajudam a estimular a criatividade) e atividades artísticas e corporais.

quintal_2_740x430.jpg

As estações ficam livres para que as crianças possam circular entre elas, escolhendo a que mais se interessarem ou participando em todas. Elas também participam da elaboração das atividades, opinando sobre as que mais gostam e o que as desagradam.

A professora Cleópatra Barbosa relata que o Quintal do Brincar sempre foi muito bem recebido pelos pais e que o projeto completa questões abordadas na Avaliação dos Indicadores de Qualidade. “Vimos que muitas ações realizadas no Quintal contemplavam os tópicos previstos nos Indicadores, como a interação entre diferentes idades e a promoção da autonomia infantil”, diz a professora.

quintal_3_740x430.jpg

Objetivos

Segundo Cleópatra, um dos objetivos do projeto foi unir a escola como um todo e melhorar a comunicação entre o corpo docente e demais setores. “O Quintal é uma atividade que nos aproxima ainda mais. Os Auxiliares Técnicos de Educação (ATEs), a equipe da cozinha, a gestão, todos têm que estar integrados para o bom andamento do projeto”, conclui Cleópatra.

A diretora da EMEI, Lilian Mara Ferreira, complementa dizendo que a integração total da equipe é importante para dar às crianças todo o suporte necessário e garantir o seu bem-estar.

Para o professor Túlio Martins, “o Quintal ajuda a criança a ter um sentimento de pertencimento maior em relação à escola. Circulando por ela de forma independente e interagindo com crianças de outras idades e formando colegas além da classe, elas desenvolvem a socialização, fundamento base para a aprendizagem dos demais valores sociais”.

Essas aprendizagens, tanto dos educadores como das crianças, refletem nas atividades realizadas fora da Unidade Educacional. A professora Cleópatra cita a visita ao Parque Villa-Lobos, onde os professores se organizaram em pontos estratégicos para observar o comportamento de todas as crianças sem tirar delas a liberdade de explorar o ambiente livremente. “Nessa atividade pudemos observar a autossegurança trabalhada no Quintal do Brincar”, observa Cleópatra.