Portal da Secretaria Municipal de Educação

Publicado em:

Projeto “Stopmotion: criando um curta-metragem” na EMEF Humberto de Campos

Atividade foi realizada entre os meses de março e dezembro de 2016

projeto_stopmotion_criando_curta_metragem_EMEF_humberto_campos_740_x_430.jpg

A Escola Municipal de Educação Fundamental (EMEF) Humberto de Campos, vem trabalhando com o projeto “Stopmotion: criando um curta-metragem” o qual foi utilizado a fim de mobilizar tanto alunos quanto professores para as ações de interesse social com a criação de curtas nesse estilo de técnica de animação.

Stopmotion trata-se da arte de se animar formas inanimadas a partir de séries de fotografias nas quais o objeto passa por mudanças em cada um dos quadros e quando projetados quadro a quadro, vê-se o movimento. Este método está presente em animações como “O Estranho Mundo de Jack” e “Marte Ataca!”, ambos do diretor Tim Burton.

O processo do projeto envolveu primeiramente a escolha da história, que pode ter cunho crítico, ou não. Posteriormente, as professoras fizeram leituras com os alunos, além de exibir filmes, animações e também curta-metragem com a técnica do stopmotion. Em seguida houve a etapa da criação do cenário, iluminação e organização das imagens. Todo o desenvolvimento do trabalho contou com a participação de todos os integrantes da turma.

Os alunos primeiramente criaram um Flipbook. Ele é uma coleção de imagens organizadas sequencialmente. Com o Flipbook, os alunos conseguem elaborar uma história a partir de um tema gerador. Aprenderam também a criar um Storyboard, ou seja, um roteiro que contém desenhos em sequência cronológica, mostrando as cenas e ações mais importantes para a organização de um filme.

Após oficina ministrada pelo pessoal da Divisão Pedagógica (DIPED) da Diretoria Regional de Educação (DRE) Penha, os alunos foram divididos em grupos e realizaram uma primeira atividade a partir da história “O Soldado de Chumbo”. Eles montaram os bonecos e fotografaram cada movimento, e assim cada grupo obteve uma cena.

O trabalho final é um curta de seis minutos chamado “Direitos Humanos: Refletindo para aprender”, e cada grupo da turma ficou responsável por um esquete que representa os artigos da declaração universal dos Direitos Humanos.

De acordo com a professora Renata Esteves Ardiguieri, “a gente percebeu que os alunos se desenvolveram principalmente na questão da comunicação, além disso, criaram responsabilidade em relação aos objetos que utilizaram”, declarou.

Renata afirmou também que todo o grupo de professores envolvido ficou muito satisfeito com o resultado da proposta, que superou as expectativas de todos, além disso, a ideia é que essa atividade passe a fazer parte dos projetos da escola para os próximos anos.

Confira uma galeria de imagens do projeto

Links para os vídeos do projeto:

"A Bailarina e o Soldado" baseado no Soldado de Chumbo

"Direitos Humanos: Refletindo para aprender"
www.youtube.com/watch?v=SWWG1JvKr9w