Publicado em:

SME lança Programa de Cooperação em Pesquisa

Ação visa fomentar a pesquisa a partir da aproximação de acadêmicos com os problemas que desafiam a gestão municipal

cooperacao_740x430.jpg


A Secretaria Municipal de Educação lançou na última terça-feira, 26 de junho, na Biblioteca Municipal Alceu Amoroso Lima, o Programa de Cooperação em Pesquisa. A iniciativa, realizada em parceria com a UNESCO, visa fomentar a pesquisa a partir da aproximação de acadêmicos com os problemas que desafiam a gestão municipal, de forma a contribuir com a melhoria da educação pública na cidade de São Paulo.


A ação será baseada no conceito de Ciência Aberta na Educação, que parte de métodos abertos e colaborativos. Os temas de desafios propostos para os pesquisadores são Educação Integral, Avaliação do Aprendizado, Recuperação Paralela e Evasão e Absenteísmo docente.


O Secretário Municipal de Educação, Alexandre Schneider, disse que este é um processo permanente e que busca aproximar a academia da gestão pública. “É interessante a gente poder fazer uma pesquisa que de alguma forma vai influenciar o desenho de uma política pública, uma mudança de rumo”, observou Schneider, enfatizando que a SME está comprometida em deixar seus dados abertos para estudo e pesquisa, além de produzir materiais com código aberto para que qualquer município ou instituição possa utilizar livremente.


Para a Coordenadora do Setor de Educação da UNESCO no Brasil, Maria Rebeca Otero, a intenção é aproximar um pouco mais a academia e os estudos e pesquisas que são desenvolvidos na área da Educação à gestão pública. “Hoje em dia, muitas instituições acadêmicas se colocam de uma forma que só observa o problema. A iniciativa que estamos fazendo junto com a Secretaria Municipal de Educação tem a intenção de chamar os acadêmicos para nos ajudar a enfrentar esses desafios”, completou Otero.


A partir dos princípios da Ciência Aberta, que é pautada em metodologia, acesso, dados e códigos abertos e no fomento à participação de pares e participação cidadã, os grupos selecionados serão financiados para desenvolver projetos de pesquisa que respondam aos desafios priorizados pela SME em cada um dos ciclos de fomento. Ao longo do processo, serão proporcionados encontros entre os pesquisadores e gestores municipais e, ao final, seus resultados serão divulgados em um Seminário e em Cadernos de Pesquisa.


Pesquisadores ou centros de pesquisa interessados em participar voluntariamente da colaboração deverão enviar um e-mail ao Pátio Digital: Acesse este link para saber mais sobre o Programa de Cooperação em Pesquisa.

Confira a galeria de imagem do evento.