Publicado em:

Secretaria Municipal de Educação disponibiliza metas do IDEP para consulta das Escolas

Novo índice medirá qualidade da educação paulistana; unidades terão acesso através do SERAP

idep_740x430.jpg

No início de julho, a Rede Municipal de Educação ganhou um novo índice que medirá a qualidade do ensino nas Escolas de Ensino Fundamental (EMEFs). O Índice de Desenvolvimento da Educação Paulistana (IDEP) irá considerar a proficiência dos estudantes a partir da Prova São Paulo e dos dados dos territórios, como nível socioeconômico e a complexidade de gestão de cada unidade.

Atualmente, a Secretaria Municipal de Educação considera como indicador o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), nacional, que é formado a partir dos resultados do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) e da taxa de aprovação dos estudantes.

O novo indicador para a rede pública paulistana será composto por: proficiência apurada dos estudantes do 3º ao 9º anos na Prova São Paulo, nas disciplinas de Língua Portuguesa, Matemática e Ciências da Natureza; nível Socioeconômico (Inse) da escola disponibilizados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) a partir dos questionários do Saeb e Indicador de Complexidade da Gestão (ICG) fornecidos pelo INEP, que calcula o quão complexa é a administração de cada escola.

A partir desta terça-feira (06) as Escolas terão acesso, através do Sistema Educacional de Registro e Aprendizagem (SERAP), a meta que deverão atingir no IDEP deste ano. O acesso deverá ser feito pelos diretores através de login e senha. A SME publicou também em transparência ativa, os valores estimados para o IDEP 2018 e as metas projetadas para as unidades no Portal de Dados Abertos da Prefeitura de São Paulo. Eles estão disponíveis para download no link: dados.prefeitura.sp.gov.br/dataset/idep.