Portal da Secretaria Municipal de Educação

Educação Bilíngue para Surdos


Desde 2013 a SME desenvolve diversas ações de implementação da Educação Bilíngue no município de São Paulo: ampliação da carga horária do componente curricular “Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS” nas EMEBS; introdução da docência compartilhada – professor regente de LIBRAS e professor bilíngue nas EMEBS, credenciamento de intérprete e guia intérprete de LIBRAS e Instrutor de LIBRAS e formação em deficiência múltipla/surdocegueira para os educadores.
 

As Escolas Municipais de Educação Bilíngue para Surdos – EMEBS e Unidades Polo de Educação Bilíngue para Surdos destinam-se às crianças, adolescentes, jovens e adultos com surdez, com surdez associada a outras deficiências, limitações, condições ou disfunções, e surdocegueira na Educação Infantil e Ensino Fundamental.

Nas EMEBS, o atendimento se dá em turmas com número de educandos reduzido, professores especializados e matriz curricular específica, sendo o trabalho com as áreas de conhecimento realizado em Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS como primeira língua e o ensino de língua portuguesa, na modalidade escrita, como segunda língua.

Estão localizadas nos seguintes territórios: Freguesia do Ó/Brasilândia, Ipiranga, Jaçanã/Tremembé, Penha, Pirituba/Jaraguá e Santo Amaro.

Nas Unidades Polo, o atendimento ocorre nas classes bilíngues, denominadas Salas de Apoio e Acompanhamento à Inclusão - SAAI Bilíngue, com professores especializados.

Na Educação Infantil, no Ciclo de Alfabetização e no 4º e 5º ano do Ciclo Interdisciplinar o atendimento é exclusivo na SAAI Bilíngue I, sendo o trabalho com as áreas de conhecimento realizado em LIBRAS como primeira língua e o ensino de língua portuguesa, na modalidade escrita, como segunda língua.

No 6º ano do Ciclo Interdisciplinar e no Ciclo Autoral, a SAAI Bilíngue II trabalha com os educandos surdos matriculados nas classes comuns e a disciplina de Língua Portuguesa é ministrada com metodologia de ensino de segunda língua.

Para estes educandos, as Unidades Polo disponibilizam Intérpretes de LIBRAS que realizam a interpretação das duas línguas: Libras/Língua Portuguesa/Libras e Língua Portuguesa/Libras/Língua Portuguesa, de maneira simultânea e consecutiva. Os intérpretes também viabilizam a comunicação entre usuários e não usuários de Libras junto à comunidade educativa.

Além da SAAI Bilíngue I e II, as Unidades Polo têm a SAAI Bilíngue Complementar, que oferece o Atendimento Educacional Especializado - AEE no contraturno.

Estão localizadas nas regiões de Campo Limpo e São Mateus.

As EMEBS e Unidades Polo também contam com o apoio de Instrutores de LIBRAS, responsáveis pelo ensino da língua de sinais aos profissionais da escola, famílias e comunidade e Guias Intérpretes de Libras que fazem a mediação da comunicação nas Unidades Educacionais que têm educandos com surdocegueira matriculados.

Atualmente a Rede Municipal de Ensino atende 976 educandos matriculados nas EMEBS e 47 nas SAAI Bilíngues (Educação Infantil e Ensino Fundamental – Ciclo de Alfabetização e 4º e 5º ano do Ciclo Interdisciplinar) das Unidades Polo. (Fonte: EOL/Fevereiro/2014)


Endereços das EMEBs